segunda-feira, 5 de julho de 2010

Vivendo sem internet


HÁ alguns meses estou vivendo desconectado e percebi o quanto eu era preso a essa rede que tanto nos ajuda, mas que também, se usada de forma descontrolada, acaba nos dominando por horas e horas, fazendo-nos esquecer de tarefas fundamentais, como orar, ler a palavra de Deus e de nos comunicar com a família. Tenho notado nesse tempo que minha vida dentro de casa melhorou. Quando meu filho fala, eu ouço, quando minha esposa quer conversar, tenho tempo, pois não estou vidrado no mundo virtual. Não estou dizendo que aboli a internet, mas sim que precisamos analisar com mais critério o que estamos fazendo. Reflita.


Elizeu Lima