terça-feira, 18 de agosto de 2009

Globo X Record


Escrevo esta matéria como um telespectador que há muito tempo vem analisando a briga entre as emissoras Globo e Record, brigas essas que são antigas e provavelmente não acabarão tão cedo, pois existe uma disputa por dinheiro, audiência e poder.

As duas vem brigando há algum tempo para ter os melhores apresentadores, programações e patrocínios, sem contar que o Sbt que tem entrado nessa briga, principalmente nesses últimos dias em que a Record levou um dos seus melhores apresentadores Gugu Liberato, oferecendo um salário de três milhões de reais mensais.

De um está a Globo querendo o monopolizar jornais, esportes e os realytes shows,, valorizando apenas seus artistas e programações. Um exemplo disso é a premiação dos melhores do ano, pois que ganha só são seus artistas, os famosos de outras emissoras são excluídos da premiação.

Pelo menos nesse ponto bato palmas para Silvio Santos que, com o Troféu Imprensa premia todos os atores, músicos, apresentadores, programas, novelas e diretores de qualquer emissora, sem distinção, muito embora não concorde com ações como mudar os horários das programações a toda hora, cortar programas ao meio, desrespeitando assim quem está do outro lado da tela.

Em relação à Rede Record, parabenizo seu jornalismo que é de qualidade, pois quebrou o monopólio em relação ao telejornalismo com a Record News, que é aberto a todos 24 horas. Porém, por ser uma emissora denominada cristã, envergonha esse público com novelas promiscuas, sua afirmação a favor do aborto, entre outras.

O protestantismo foi o primeiro a combater os abusos cometidos pela igreja durante a Reforma Protestante, no entanto, muito líderes evangélicos da atualidade não tem tido o comprometimento em levar a mensagem de transformação e arrependimento aos pecadores, contrariando assim as Escrituras.

Evidente que a Igreja precisa de dinheiro para pagar suas despesas. Dízimos e ofertas voluntárias são permitidas pela Bíblia, mas dentro dos limites da fé de cada um, e sua oferta deve ser de alegria e de coração. Não se deve manipular as pessoas nem fazer barganha com Deus. O abençoador está pronto a nos abençoar, porém a prosperidade é uma conseqüência de nossa obediência a Deus.

O Mestre Jesus diz que devemos buscar as coisas que são de cima e as demais coisas nos serão acrescentadas. O que não se pode aceitar é com exploração dos fiéis, ainda que o Senhor os recompense pela atitude de seus corações. Mas seus líderes serão julgados por usar de má fé com seus membros, pregando crendices, superstições e dogmatizando a fé, como lobo devoradores no meio do rebanho do Senhor. Eles pensam apenas em encher seus cofres, andar de avião, comprar mansões e investir em ações. Podemos chamar isso de amor pelas almas, de evangelho?

Está na ora dos líderes que querem um compromisso com Deus se levantar contra essas aberrações que acontecem no meio da Igreja. Mas de acordo com Jesus o joio deve crescer no meio do trigo, porém, chegará a hora da ceifa.

Elizeu Lima

Um comentário:

  1. viu, criei um novo blog voltado para mulheres (o antigo continua),porém a opinião de um homem faz a diferença, te convido a participar http://www.mulher-unica.blogspot.com/

    Um Abraço!

    ResponderExcluir

Mande seu comentário